Contato Rápido: (54) 3401 0561 (54) 99696 5421

Aquecedor de passagem – escolha e instalação de acordo com NBR 13103

SEGURANÇA E AQUECEDOR DE PASSAGEM

Todos sabemos dos benefícios e conforto proporcionado pela instalação do aquecedor de passagem em sua casa. Para extrair o máximo de aproveitamento e conforto, deve ser instalado de acordo com as normas de segurança.

1 INTRODUÇÃO:

A instalação, fora das orientações estabelecidas em norma, coloca em questionamento todas as vantagens que ele proporciona, além de gerar um potencial risco para sua família, seu patrimônio.

Quando se trata de condomínios, a escolha e ou a instalação inadequada coloca em risco não apenas seu imóvel, também de seu vizinho, ou até mesmo de toda estrutura.

2 OBJETIVOS DESTE ARTIGO:

Nosso objetivo neste artigo está em chamar atenção sobre riscos associados a escolha e instalação inadequada de aquecedor de passagem. Principalmente em condomínios verticais, onde muitas vezes não há controle e ou fiscalização sobre os equipamentos e a adequação dos mesmos as normas de segurança.

Queremos chamar atenção sobre situações com as quais nos deparamos com frequência, que confrontam com as normas de segurança estabelecidas, como é o caso da NBR 13103 que regulamenta requisitos para instalação segura de equipamentos a gás para uso residencial.

3 ALGUMAS SITUAÇÕES CORRIQUEIRAS com aquecedor de passagem:

Veja alguns exemplos de instalações incorretas, com as quais nos deparamos. Todas fora de norma e certamente já são do conhecimento seu:

Instalação aquecedor

Instalação inadequada de aquecedor

Aquecedor de passagem instalado com chaminé livre e saída pela janela. Neste caso, o monóxido de carbono tende a retornar ao recinto em que o equipamento encontra-se instalado;

Veja na imagem 02, a instalação do aquecedor não respeita altura mínima de 30 cm vertical após saída da câmara de combustão, provoca superaquecimento da tubulação da chaminé e potencial causa de incêndio;

Instal aquecedor

Fig 02 Instalação inadequada

Na imagem figura 03, você pode ver a Saída da chaminé obstruída para cima, obrigando os gases a saírem para baixo. Facilita fluxos de retorno de gases, principalmente quando exposto a condições de vento;

figura 3

Figura 03 Saída dos gases e chaminé horizontal, colado na parede

Na figura ao lado, instalação de terminal T na posição horizontal, facilitando acesso de pássaros e ninhos. Além de estar encostado a parede quando deveria estar a pelo menos 10 cm da face do prédio;

Mais um registro de instalação inadequado, chaminé não respeita altura mínima vertical recomendada;

instalação 04

Fig 04 Instalação com soma de erros

Soma de erros:

  • ausência de saída vertical;
  • saída dos gases por janela;
  • sem instalação de terminal;
  • Distância mínima de janelas e basculantes;

4 ALGUNS ACIDENTES, CASOS REAIS:

Para que as situações evidenciadas acima se transformem em ocorrências faltam apenas alguns detalhes. Normalmente, um incidente relacionado a equipamentos a gás, gera acidentes de proporção assustadora. Veja alguns casos reais:

Acidente

Fig 06 acidente ocorrido por equipamento a gás

Veja mais detalhes sobre este acidente no link abaixo http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2015/05/veja-mais-imagens-por-dentro-do-apartamento-que-explodiu-no-rio.html

Veja mais uma imagem de acidente associado a equipamento a gás:

acidente

Fig 07 acidente por equipamento a gás

Veja mais detalhes neste link https://oglobo.globo.com/rio/corpo-de-bombeiros-libera-edificio-canoas-16-meses-apos-explosao-20114090

Na figura a seguir, acidente com danos em estrutura do imóvel:

Fig 08 Acidente em imóvel com danos na estrutura

Fig 08 Acidente em imóvel com danos na estrutura

http://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/explosao-em-predio-danifica-ao-menos-nove-apartamentos-no-rio-2qlqh8mrztnh38q0dpm03fp12

 

5 NÍVEIS DE CONTAMINAÇÃO X RISCO PARA SER HUMANO

Muitos acidentes com gás, terminam de forma triste e sem explosão. Neste caso, a pessoa poderá chegar a óbito pela concentração de gás no ambiente do imóvel.  No gráfico a seguir, você pode ver níveis de contaminação e consequências para o ser humano:

Niveis de contaminação

Fig 07 Niveis de contaminação e consequências par ser humano

Como você pode ler no gráfico, o tempo de exposição ao gás em horas, dependendo da concentração é relativamente curto para levar uma pessoa a óbito.

O grau de risco aumenta significativamente quando as orientações técnicas ficam em segundo plano. Muitas vezes a simples falta ou inadequada ventilação permanente pode reduzir o índice de O2 a um nível de risco. Assim como, a instalação do terminal de chaminé próximo a janela pode produzir o retorno do CO2 e contaminar o ambiente a um nível de risco.

6 AÇÕES QUE DEVEM SER IMPLEMENTADAS PARA MITIGAR O PROBLEMA:

Desenvolvemos uma lista de ações simples de serem implementadas, que podem fazer toda diferença, entre elas:

1 – Em primeiro momento, fiscalizar equipamentos instalados, para verificar se estão enquadrados na classificação de acordo com tipo de equipamento.  Verificar sistemas de exaustão dos equipamentos, estado de dutos de exaustão e instalação de terminal na face da edificação;

2 – Verificar aspectos de ventilação permanente;

3 – Dimensionamento e vazamentos de redes de alimentação de gás;

4 – Manutenção preventiva dos equipamentos;

5 – Dimensionamento e utilização de chaminés coletivos;

6 – Difundir orientações da NBR 13103 para que sejam levadas em consideração por todas as etapas, do projeto, execução da construção e instalação dos equipamentos;

7 – Exigir credenciamento ao técnico para instalação de aquecedor de passagem;

8 – A nível de condomínios, estabelecer um conjunto de orientações com base em norma, para que toda e qualquer instalação de equipamento a gás seja enquadrada aos pré-requisitos;

7 CONCLUSÕES

Passos importantes em termos de segurança estão sendo implementados n decorrer do tempo. Podemos citar as adequações provenientes da normatização para instalações comerciais e residenciais a nível de Corpo de Bombeiros em função dos planos de PPCI.

Acreditamos que riscos associados as áreas coletivas foram e estão sendo tratadas adequadamente. Percebemos um potencial risco no interior dos imóveis por questões geralmente de falta de informação. Pela escolha e instalação inadequada de equipamentos, pela falta de conhecimento das normas e instruções técnicas,  que podem ocasionar acidentes.

Queremos chamar atenção sobre este potencial risco que está sendo instalado em sua casa, muitas vezes sem você conhecer. Colocando em risco sua vida e o patrimônio que você construiu por anos de trabalho, por inobservância de orientações técnicas contidas em normas de segurança.

Queremos te fazer uma pergunta agora, do que adianta a obrigatoriedade de PPCI, do trabalho de vistoria, fiscalização do corpo de bombeiros em edifícios, construções, empresas se estamos dando pouco caso sobre as situações de alto risco que são construídas no interior dos imóveis. Falamos aqui desde erros de projeto, dimensionamento e instalação, com as quais nos deparamos com frequência.

Falamos isso por que acompanhamos instalações em diferentes imóveis, prédios novos, antigos e o que encontramos são situações que confrontam com as normas de segurança em especial a NBR 13103 que regulamenta instalações de equipamentos a gás para uso residencial.

8 ALGUMAS RECOMENDAÇÕES:

Para possibilitar desfrutar de todos os benefícios que o aquecedor de passagem proporciona, recomendamos seguir algumas instruções, entre elas:

– exigir que a instalação seja feita por técnico qualificado;

– A nível de condomínios, horizontais e verticais, verificar equipamentos instalados quanto a classificação e tipo de equipamentos;

– Verificar manutenções preventivas;

– Fiscalizar obras e construções, anteriormente da liberação de alvará, a efetiva adequação aos requisitos estabelecidos em normas de segurança;

– Adquirir seu aquecedor de passagem em lojas credenciadas no fabricante;

 

COMENTÁRIOS

Você gostou deste artigo, tem duvidas, sugestões ou críticas?

 Não excite, deixe seu comentário no formulário abaixo.

Conheça nosso serviço TOP PREMIUM neste link  e faça uma análise em seu imóvel, do nível de segurança, com base em norma!

Estamos a sua disposição.

Muito obrigado!

Este artigo foi desenvolvido por  eng Ademar Angst

Em outubro 2017.

Adicionar Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *